Notícias

Em reunião ocorrida em Brasília, bancada paraibana decide lutar por obras e ações de maneira conjunta

A bancada federal da Paraíba promete deixar as eventuais diferenças
políticas de lado e lutar pela liberação de recursos para as obras
prioritárias no Estado, entre elas, a conclusão da dragagem do Porto de
Cabedelo e a Transnordestina.

Nove dos quinze integrantes da bancada estiveram reunidos na noite desta
terça-feira (14), no gabinete do Senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e
fecharam questão de torno de uma pauta mínima. Participaram do encontro,
além do senador Cássio, o senador Cícero Lucena (PSDB) e os deputados
Damião Feliciano (PDT), Hugo Motta (PMDB), Leonardo Gadelha (PSC), Efraim
Filho (DEM), Luiz Couto (PT) e Ruy Carneiro (PSDB). O senador Vital do Rêgo
Filho informou que tinha audiências pré agendadas e não poderia chegar a
tempo de participar.

“Vejo agora um ambiente de maturidade, onde seja evitada a exploração
política e que na prática, resulte em uma ação integrada e efetiva a favor
do desenvolvimento da Paraíba”, comentou Cássio.

Ficou acertada durante a reunião, a elaboração de uma pauta mínima contendo
as obras e ações classificadas como “prioritárias” por cada parlamentar.
Segundo sugestão do senador Cássio Cunha Lima, será montada uma agenda de
trabalho (visitas às obras e audiências com autoridades federais), tanto no
Estado, quanto em Brasília, para pressionar e cobrar resultados concretos.

“Logo depois do carnaval, toda a bancada irá visitar as obras do Porto e em
seguida, iremos juntos ao Ministro Chefe da Secretaria de Portos”,
anunciou.

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), autor da proposta de reunião desta
terça-feira, aprovou a sugestão do Senador Cássio. “O peso de uma bancada
unida, vale mais do que qualquer obstrução em plenário”, afirmou.

A questão da segurança pública também foi um assunto que mereceu destaque e
preocupação da maioria dos parlamentares presentes à reunião. “É grande a
nossa inquietude como pai de família”, disse o senador Cícero Lucena,
referindo-se à sensação de insegurança vivida atualmente no Estado.

Já o deputado Luis Couto se mostrou preocupado com possíveis vetos feitos
pelo Palácio do Planalto ao PPA em projetos prioritários para a Paraíba,
como as adutoras do São Francisco, Porto e Transnordestina.

Assessoria