Paraíba

Em Patos, Ministério Público apura licitações suspeitas que envolvem secretário de Controle Interno da Prefeitura

O Ministério Público Estadual (MPE), através do Promotor Dr. Elmar Thiago Pereira de Alencar, 4º Promotor de Justiça da Promotoria de Patos, está se debruçando sobre denúncias de prováveis irregularidades em licitação envolvendo o atual secretário de Controle Interno da Prefeitura Municipal de Patos, Jadson Glablo da Silva.
A Notícia de Fato número 040.2029.002822 tem como objeto principal a denúncia com farta documentação da época em que o atual secretário de Controle Interno da Prefeitura Municipal de Patos estava como pessoa de confiança do prefeito interino Sales Júnior (PRB) na Câmara Municipal dos Vereadores. Sales era presidente da Câmara Municipal e Jadson Gablo era responsável direto pelo setor de pregão da Casa Juvenal Lúcio de Sousa.
Jadson Glablo abriu licitação para prestação de serviços para a Câmara Municipal de Patos e, estranhamente, a empresa vitoriosa foi da esposa dele. A empresa tem todos os dados no endereço que reside o casal e o MPE investiga tráfego de influência e facilitação para que a empresa tenha vencido a licitação.
O MPE também tem documentos comprovatórios que o atual Secretário de Controle Interno da Prefeitura Municipal de Patos estava ocupando cargo de pregoeiro em outros municípios, ao mesmo tempo que ocupava o cargo comissionado em Patos. Fato que comprova improbidade administrativa.
O 4º Promotor de Justiça da Promotoria de Patos já realizou diligências e o processo está em andamento. O processo envolve diretamente o prefeito interino que na época exercia o cargo de presidente da Câmara dos Vereadores. Logo após assumir a chefia do poder executivo, Sales nomeou Jadson Gablo como secretário. Com informações PatosOnline.

 

Tags: Tags: