Política

Em nota, Léo e Tibério criticam conduta de executiva nacional e de Ricardo: “foi a pior possível”

Pouco a pouco, os times de João Azevêdo e de Ricardo Coutinho estão se formando. Os vereadores Tibério Limeira (PSB) e Léo Bezerra (PSB) emitiram nesta no final da manhã desta terça-feira (10) uma nota na qual criticam não somente a ação da executiva nacional do partido, mas a forma como a comissão provisória responsável por eleger o novo diretório estadual foi formada.

Para os vereadores, não havia a necessidade de Ricardo Coutinho ascender à presidência estadual na condição de interventor. “Bastaria que, ao invés de agir nos bastidores, as pessoas que incentivaram a dissolução do diretório estadual pudessem garantir o exercício do debate e o respeito à democracia interna, sem a necessidade de uma crise exposta publicamente”, diz a nota.

Ainda de acordo com os dois, a conduta maculou a história do projeto que vinha sendo construído com democracia e tolerância.

“Num cenário onde as forças conservadoras se alvoroçam, a unidade do campo progressista deveria balizar a conduta dos agentes políticos. O gesto de desrespeito aos dispositivos estatutários e aos valores democráticos empurra pra longe o direito à livre opinião e ao exercício da autonomia”, concluíram.

Da redação

Tags: Tags: