Campina Grande

Em meio a denúncias e crise na cidade, Romero vai dar palestra sobre finanças

Em meio às denúncias de corrupção e nepotismo que envolvem a gestão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) e do seu vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP), a assessoria de imprensa do gestor municipal informou que Romero vai participar, nesta quinta-feira (7), de uma palestra no Tribunal de Contas do Estado.

A edição de 2019 do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), relativos a 2018, que trouxe mais uma triste realidade para o município, pois mostrou que Campina está numa situação considerada crítica no tocante à gestão fiscal e nos investimentos.

Semana passada, o levantamento feito pelo anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, lançado neste mês pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) – mostra que Campina Grande (PB) foi a cidade do interior do Nordeste que apresentou a maior queda nos investimentos em 2018.

A gestão de Campina ficou na posição nº 4.517, dentre os 5.337 municípios brasileiros pesquisados pela Firjan, onde apresentou no tocante aos tópicos Gestão Fiscal e nos Investimentos, uma situação considerada critica.

Outro dado que chama a atenção no ranking ‘Gastos com Pessoal’, é que, se comparado com os 223 municípios paraibanos, Campina Grande ficou na posição 119º, atrás de gestões fiscais como Cacimba de Dentro, Brejo dos Santos, Caaporã, Cabedelo e Cajazeiras.

Da redação

Tags: Tags: