Fale Conosco

Hoje teve confusão e das grandes na Assembleia. Primeiro foi a vez dos deputados falarem na tribuna da Assembleia, depois foi a vez dos que se diziam moradores de Mangabeira e membros do Comitê Pró-Shopping em Mangabeira.

Só que o representante desse Comitê, Jair Soares, foi bem instruído, e se comportou de forma desrespeitosa usando palavras de baixo calão para provocar uma reação dos parlamentares.

Quando foi avisado de que seu comportamento era inadequado, os contratados para posar de moradores ficaram revoltados e fizeram um escândalo tão grande que tiveram que ser retirados do plenário.

Uma hora depois desse acontecido, Jair, o tal presidente do Comitê, estava dando entrevista em programa de rádio, governista, dizendo que será feito um outdoor com os nomes dos deputados e seus votos em relação à permuta dos terrenos.

Além da divulgação em outdoor, ele afirmou que serão feitos panfletos para divulgar “os nomes dos deputados que forem contra a população de Mangabeira”, como ele disse.

Mas aí fica uma pergunta no ar: quem vai pagar pelo outdoor e pela confecção dos panfletos?

Será que vai ser a mesma pessoa que mandou entregar lanche para os contratados que foram à Assembleia hoje para fazer cena como se fossem moradores da zona sul?

Quem vai pagar? Será que o Jair responde esta pergunta?

Mais uma: Quem pagou pelas camisas que os contratados usavam hoje? E de onde saiu o dinheiro para pagar as faixas que estão expostas no terreno do Geisel?

Para quem ainda não viu, aí está a foto dos contratados recebendo o lanche:

lanche