Fale Conosco

O ex-presidenciável Ciro Gomes, mais uma vez, causou polêmica ao falar sobre o cenário político nacional. Em entrevista publicada pelo UOL neste final de semana, o pedetista distribuiu críticas a Bolsonaro, Sergio Moro, Lula e até Luciano Huck. O foco, no entanto, como era de se esperar, é o atual presidente. Além de não aprovar o governo de Jair Bolsonaro, Ciro disse que não acredita que ele chegue ao fim do mandato e chamou de “desastre” a política econômica do governo federal.

Na conversa, Ciro também chamou o ministro da Justiça, Sergio Moro, de “corrupto” e afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pensa em política “24 horas” e está “desmoralizando a Justiça que resta no Brasil”. Ciro afirmou que não tem “mais nenhum apreço político pelo Lula”.

Por último, e de olho nos adversários em 2022, o ex-ministro do governo Lula falou até sobre o apresentador Luciano Huck, cogitado como candidato para a próxima eleição presidencial. “Chega de mandar estagiário para Presidência da República”, concluiu.

Da redação