ParaíbaPolítica

Em Bayeux, vereadores esquecem escândalos e dão maioria ao prefeito Berg Lima

O prefeito de Bayeux, Berg Lima, já tem maioria na Câmara Municipal para aprovação de projetos de lei do Executivo Municipal. Neste fim de semana, o prefeito conquistou o apoio do vereador, Zé Baixinho (PMN). Com a adesão de Baixinho, Berg já conta com nove dos 17 votos dos vereadores, parlamentares esses que esqueceram do escândalo que o gestor se envolveu que terminou por sua prisão em 2017.

Semana passada, ele recebeu apoio do vereador Adriano do Táxi (PSL). Com maioria absoluta, o prefeito tem tranquilidade para aprovar projetos e afastar o risco de cassação. Nos próximos dias, mais dois vereadores devem aderir ao projeto político de Berg Lima.

Em julho de 2017, o prefeito de Bayeux, Berg Lima, foi preso em flagrante, em ação realizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), pelo crime de corrupção passiva e peculato. O recebimento do dinheiro foi filmado, e o vídeo mostra um empresário fornecedor da prefeitura de Bayeux contando o dinheiro, que soma R$ 4 mil, e entregando ao prefeito. A assessoria de imprensa de Berg Lima há época enviou uma nota à imprensa, na qual ele diz estar sendo “vítima de uma armação política”. Com informações PBAgora.

Tags: Tags: