Fale Conosco

Atenção Cajazeiras, o pesadelo pode virar realidade e já. Por considerar o presídio federal de Mossoró inapto para receber novos presos, o juiz Mário Jambo deve decidi hoje se o traficante Fernandinho Beira-Mar fica ou não fica ou não por lá.

É que o Ministério Público Federal alega que o presídio está interditado desde 2010 por problemas estruturais e nem licença dos bombeiros tem.

Ao que tudo indica, o juiz será favorável ao apelo do MPF e o hospede indesejado terá que ser transferido nos próximos dias.

Como Cajazeiras tem um presídio novo e geograficamente fica mais próxima de Mossoró do que outros centros com a mesma característica de afastamento das metrópoles, provavelmente está no topo da lista das sugestões de transferência do homem que manda e desmanda – mesmo estando preso nos últimos dez anos – na facção criminosa mais perigosa do Brasil, que é o Comando Vermelho.

Mas, existe uma chance de os cajazeirenses se livrarem dessa preferência: precisam provar que o presídio da cidade não é de segurança máxima e, assim como do Mossoró, não merece confiança.

O presídio de Mossoró, por exemplo, foi inaugurado em julho de 2009, com capacidade para 208 presos, mas quando foi interditado abrigava somente 38 detentos.

Só resta agora saber se a população vai calar diante da iminência da chegada de Beira-Mar a cidade, ou se vai bater o pé e arranjar motivos para evitar sua presença.