Fale Conosco

EXCLUSIVO – Estou estupefato com a informação de que foi o próprio presidente do PMDB, Antônio Souza, quem grampeou a reunião do partido e depois entregou para o deputado Márcio Roberto a gravação para ele publicizar lá em São Bento. Isso é inacreditável, pois Antônio é um sujeito centrado, fidelíssimo a Maranhão e não faria nada sem o seu consentimento.

Confirmando esta informação, que é do próprio Marcio Roberto, chego à conclusão que o governador Ricardo Coutinho está a um passo de controlar todo o PMDB, pois o desatino de Maranhão ao defender quem mija fora do caco também contaminou quem devia ter postura equilibrada e mediadora.

De fato, no áudio a voz de Maranhão está em maior destaque e a de Gervasinho distante pelo fato de que quem gravou estava muito perto do ex-governador, a exemplo de Antônio Souza, que estava ao lado, como pode se comprovar na foto abaixo.

Temperatura na reunião do PMDB sobe, Marcio e Gervasinho batem boca sob olhar de Maranhão e Veneziano

A não ser que tenha sido ingênuo, Antônio Souza forneceu a Marcio Roberto uma arma poderosa para ele usar contra os seus adversários lá em São Bento e Márcio usou à exaustão, pois o CD com o grampo foi veiculado na rádio e repetido sem dó em um carro de som.

Não sou eu quem está especulando que foi o presidente do PMDB que gravou, é o próprio deputado Márcio Roberto quem não faz segredo e disse em uma entrevista que a gravação lhe foi entregue por Antônio Souza.

Sendo assim, não houve deselegância ou deslize ético da parte do deputado Márcio Roberto quando divulgou uma reunião de portas fechadas.

Na verdade ele usou contra Gervásio Maia e Galego de Sousa, ambos do PMDB, uma arma poderosa que lhe foi entregue, provavelmente, pelo presidente estadual do seu partido.

Em tempo: acompanhei a reunião da sala ao lado, justamente a da presidência, e quem estava emblematicamente sentado na cadeira de Antônio Souza era Josué Guedes, o diretor de Operações do DETRAN do Governo RC, a indicação de Márcio, que teve sua exoneração publicada no Diário Oficial de ontem.

Talvez quem esteja mijando fora do caco seja a cúpula do PMDB. Mas, se a informação de Márcio for leviana só restará a Maranhão expulsá-lo do partido.