Fale Conosco

Em Guarabira, no Brejo paraibano, o padre Adauto Tavares, da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe, lamentou a atual situação vivida pelo Brasil em meio a crise da pandemia da Covid-19. O religioso criticou a postura do presidente Jair Bolsonaro e das as pessoas que não cumprem os decretos para conter o avanço da doença na Paraíba.

Durante sua fala, o padre disse que Bolsonaro é “alguém que tem prazer em matar e tirar a vida das pessoas”, e ainda o classificou como imoral, irresponsável, genocida e desonesto.

O religioso também aproveitou a ocasião para reprovar a atitude daqueles que desrespeitam as medidas de isolamento social. “Nós estamos numa pandemia, nós não estamos em uma brincadeira. Já basta aquele desorientado do presidente da república que não tem moral”, disse.

O padre Adauto Tavares ainda comparou o posicionamento do presidente com o primeiro-ministro de Israel, que também é de direita mas ao contrário do gestor brasileiro, vai as ruas e incentiva que a população cumpra as medidas para conter a propagação do vírus no país.

Assista ao vídeo: