Fale Conosco

O senador Cássio Cunha Lima, candidato do PSDB ao governo do Estado, acusou no final da tarde deste domingo o governador Ricardo Coutinho (PSB) de ser oportunista e de comandar uma rede de corrupção na saúde da Paraíba, privilegiando ONGs envolvidas em corrupção.

A acusação foi feita durante o debate que a TV Correio promoveu com os dois candidatos que concorrem ao governo da Paraíba e transmitido ao vivo para toda a Paraíba. Segundo Cássio, o governador fala sobre uma Paraíba e um governo que não existe.

“Ele cria uma série de números, todos tirados de sua cabeça e tenta confundir a cabeça do eleitorado. Você age como um chefe político, que anuncia ter uma vida republicana, mas tem um governo envolvido em corrupção e escândalos”, afirmou o candidato da Coligação “A Vontade do Povo”.

Ele afirmou que o governador não pode se orgulhar de ter um governo republicano, porque prometeu 40 anos em quatro e o povo da Paraíba desaprovou o governo. “Você perdeu a eleição no primeiro turno. As oposições tiveram mais votos do que você”, disse.

“Você é um oportunista que usa o poder para perseguir os pequenos. Nós vamos fazer um governo voltado para os paraibanos, respeitando as pessoas, os funcionários públicos”, garantiu.

O senador condenou o governador por ter trazido para o debate o acidente que vitimou estudantes de Uiraúna. “Você usa a morte de estudantes de uma forma oportunista”, afirmou.