Fale Conosco

A população de Garanhuns, no estado de Pernambuco, ficou chocada com a atitude de uma mãe de 22 anos que não superou a morte do seu filho. A jovem desenterrou o corpo do filho de um ano de idade e carregava os seus restos mortais em busca de um local para poder trocar a sua fralda. A criança estava enterrada há pouco mais de um mês.

A Vigilância Sanitária, o Samu e uma funerária estiveram no local pra tomarem as medidas após a mãe ser encontrada por um funcionário do cemitério. A mãe foi conduzida para um hospital onde foi medicada e mantida em observação.