Fale Conosco

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de João Pessoa (CDL-JP), Nivaldo Vilar, declarou, nesta quinta-feira (3), que o comércio aberto não provocou aumento de casos da Covid-19. Ele também informou que solicitou à Prefeitura de João Pessoa a ampliação do horário de funcionamento das lojas e serviços no período de fim de ano e que ainda não obteve resposta.

“A gente tem absoluta certeza de que não é o comércio que está aumentando os casos. Faz quatro meses que estamos abertos e não houve (aumento). Pelo contrário, estava havendo diminuição dos casos. A nossa expectativa é de que permaneça aberto o comércio. Teve as eleições, aí sim, aumentou. Mas em relação ao comércio, não houve esse acréscimo de jeito nenhum”, disse o presidente da CDL-JP.

Vilar declarou que os empresários estão cumprindo os protocolos e precisam faturar. “A situação está complicada para todo mundo. E tanto o Estado como o comércio e os empresários precisam arrecadar. No nosso caso, faturar e arrecadar os impostos para a prefeitura e para o Governo do Estado. A gente está na expectativa de que não haverá esse fechamento. Pode ter restrições, mas em relação ao comércio acho que não vai ter não porque nós estamos cumprindo com os protocolos.”

Ele informou que emitiu nota alertando aos empresários que a Prefeitura de João Pessoa ainda não respondeu à solicitação para ampliação do horário do comércio no fim do ano. “A gente mandou um ofício solicitando, mas não recebemos nenhuma resposta ainda. Inclusive a gente soltou uma nota explicando aos lojistas essa situação porque os lojistas precisam planejar. Se fosse abrir, na semana de Natal, com mais extensão do horário, com certeza precisam os empresários saber com antecedência para montar o esquema de atendimento. Então como não teve a resposta, nós soltamos a nota dizendo que enviamos o ofício, mas que o prefeito não deu resposta nenhuma e a gente tem que continuar com o horário que estamos, para que todo mundo fique prevenido em relação a isso.”