Fale Conosco

Durante uma entrevista concedida na última sexta-feira (27) o diretor do Campinense Phelipe Cordeiro pronunciou-se sobre o modelo que foi aprovado na última reunião entre os representantes dos clubes e a Federação Paraibana de Futebol (FPF) sobre o Campeonato Paraibano de 2021. Ele criticou o fato da competição contar apenas com oito times e defendeu que apenas um time deveria ser rebaixado em 2021.

“A gente se posicionou a favor da permanência dos 10, entendendo que a pandemia causou um ano atípico para todo mundo, não só para o futebol. Também porque a gente não pode ter uma perda na quantidade de jogos, já na esperança de termos público no próximo ano”, afirmou Phelipe. Seria necessário que a Série B do Campeonato Paraibano de 2020 fosse realizada para que a primeira divisão pudesse contar com 10 equipes em 2021, mas isto não aconteceu por causa da pandemia do novo coronavírus.

“A FPF propôs anular o rebaixamento deste ano, mas Botafogo-PB e Perilima não aceitaram”, explicou o diretor sobre a outra possibilidade discutida para que a competição pudesse contar com as 10 equipes.