Fale Conosco

Foram publicados no diário do Poder Legislativo dois atos da presidência da mesa que tratam da licença do deputado Genival Matias e a convocação do suplente.

O primeiro ato diz respeito ao afastamento do parlamentar por 123 dias, sendo os três primeiros dias como licença médica e os 120 dias restantes para tratamento de interesse particular. A licença tem efeito retrotivo ao dia 7 de novembro.

Já o segundo ato trata da convocação do terceiro suplente de deputado estadual, o médico Américo Marcone Cabral de Lira. A vez seria do segundo suplente, o prefeito afastado de Bayeux Berg Lima, que se encontra preso. No entanto, ele abriu mão de assumir a cadeira na Assembleia Legislativa.