Fale Conosco

Ouvi de um sousense envergonhado a seguinte frase: para honrar a tradição política de nossa cidade e as calças que veste, Lindolfo deveria renunciar a condição de líder que não lidera.

Em síntese, o que o conterrâneo do saudosos Tico Coura e Antônio Mariz, e do vivíssimo e sem papas na língua Eilzo Matos quis dizer é que Lindolfo desmoraliza Sousa a continuar como bobo da corte.

Disputou contra Ricardo Marcelo e levou a pior ao ver o próprio governador apoiando o adversário.

Como prêmio de consolação recebeu a liderança da bancada governista, mas em nome dela não tem crédito nem para comprar um caixa de fósforos em um fiteirinho ali da Praça João Pessoa.

O governador pisa na língua de Lindolfo quando não interage com ele e manda pra AL matérias sem nenhuma consulta prévia ao líder ou combinação de estratégia antecipada.

E agora veio o tiro de misericórdia em seu desprestígio ao descobrir que todo mundo sabia da antecipação da reeleição de Ricardo Marcelo, menos, é claro, ele.

Renuncia Lindolfo, é mais honroso e Sousa não aguenta mais tanta humilhação!