Fale Conosco

O desembargador Carlos Martins Beltrão negou, na tarde desta quarta-feira (3), habeas corpus para Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva – preso desde a segunda-feira (24) da semana passada, por determinação do juiz titular do 1º Tribunal do Júri de João Pessoa, Marcos William.

Relembre o caso

Rodolpho foi o responsável por atropelar e matar o agente da Lei Seca, Diogo Nascimento, no dia 21 de janeiro, em blitz da Lei Seca no bairro do Bessa.

Ele teve a prisão preventiva decretada, mas um salvo conduto concedido pelo então desembargador Joás de Brito garantiu a sua liberdade.

Entretanto, semanas depois, o habeas corpus perdeu o efeito jurídico e, na semana passada, a sua prisão foi decretada.

Fonte:Wscom