Fale Conosco

Os deputados Adriano Galdino e Ricardo Barbosa, ambos do PSB, saíram em defesa do governador João Azevêdo após declarações do ex-governador Ricardo Coutinho que se refiriram a João como “traidor”, além de afirmar que sem ele, “João não teria sido eleito nem para vereador”.

Ricardo Barbosa, líder do governo na Assembleia, disse que o chará “perdeu a oportunidade de ficar calado”. Barbosa disse não ter acompanhado o que disse o ex-governador, mas prestou solidariedade a Azevêdo, em nome de “quase totalidade da base”, pelas declarações do seu antecessor.

Já Adriano Galdino elogiou a decisão do governador em se desfiliar da legenda como resposta aos “ataques” de Coutinho. “Isso é normal e compreensível, por tudo que está se passando. Ele está tomando a decisão certa”, disse.

Da redação