Fale Conosco

O deputado Anisio Maia enviou hoje uma nota à imprensa esclarecendo informações postadas em um blog de João Pessoa.

Leia abaixo a nota na íntegra:

Nota de Esclarecimento

Em virtude de uma matéria publicada pelo jornalista Luis Torres em seu blog de política, na última segunda-feira (13 de junho) às 12h37, repercutindo uma denúncia feita pela presidente da colônia de pescadores de Patos, Ivanilda de Sousa Santos, durante a visita da então ministra da Pesca e Aquicultura, Ideli Salvatti, à Paraíba.

O deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) vem a público esclarecer os seguintes fatos:

 

  • Se tivesse conhecimento prévio de que a denúncia seria realizada naquele momento, sem sombra de dúvida, aconselharia a denunciante a escolher outro fórum mais apropriado para fazê-lo. O local e o momento eram totalmente inoportunos, uma vez que o Ministério da Pesca não tem competência para apurar tal fato, mas sim o Ministério Público.

 

  • Para o deputado, o embate com qualquer companheiro do Partido dos Trabalhadores (PT) não traz nenhuma vantagem ao seu partido. “Estamos trabalhando em um processo que visa unir e fortalecer o PT na Paraíba, e esse episódio não contribui em nada para tal, muito pelo contrário”, disse.

 

  • Ele revelou que não acredita que sua companheira de partido tenha lhe referido palavras impublicáveis, como estava escrito na primeira edição da matéria do jornalista Luis Torres. “Não acredito que impropérios tenham sido dirigidos à minha pessoa pela companheira Giucélia Figueiredo, como consta em uma matéria publicada em um conhecido blog de política da Capital, visto que sempre a tratei com o devido respeito, e ela a mim”, explicou.

 

  • O deputado contou que não há motivo para desavença entre Giucélia Figueiredo e ele no que diz respeito a nomeações de cargos na Paraíba no Governo Dilma. Esclarecendo que a cota de indicações do deputado é para o Ministério de Pesca e Aquicultura, e a da companheira Giucélia Figueiredo para a Delegacia Federal de Agricultura. Portanto, não há nenhum confronto.

• Por último, destaca que todo cidadão acusado deve ter direito à defesa.

 

          O deputado petista deixa clara sua posição de que a denúncia deve ser apurada pelos órgãos competentes. “Este fato lamentável deve ser esclarecido o mais rápido possível, para com isso solucionar os transtornos causados a Sra. Ivanilda de Sousa Santos e apurar responsabilidades”, afirmou.”