Fale Conosco

O deputado estadual Anísio Maia, do PT, disse estar preparado para abrir mão de disputar a reeleição à Assembleia Legislativa da Paraíba para ocupar a vaga de candidato ao Governo do Estado por seu partido. O PT segue o dilema na Paraíba sobre apoiar ou não o candidato do PSB, João Azevêdo, e já discute a possibilidade de uma candidatura própria.

“Sou fundador do PT, militante dos movimentos sociais, minha luta política é identificada e a função dela é ajudar os movimentos sociais. Então, como militante petista, eu sigo o meu partido. Se o partido necessitar da minha participação, eu acato, aceito, porque estou na política não para me beneficiar pessoalmente, mas para atuar em função do coletivo. Sou um soldado e atendo qualquer chamamento partidário”, declarou.

Um dos motivos que levou o PT a questionar a manutenção da aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) é a participação do DEM na chapa socialista. Questionado sobre a possibilidade de haver um direcionamento nacional em torno do tema, Anísio disse que aceitaria decisão, mas recusaria o voto em “golpistas”.

“Não votaria, mas não faria nada que fosse desestabilizar o partido. Não vou me rebelar, enfrentar o partido, mas votar não tem chance”, afirmou.