Fale Conosco

Mais uma adaptação sustentável está em tramitação na Câmara Federal. O Projeto de Lei (PL) 1771/21, de autoria da deputada Edna Henrique (PSDB), quer determinar que casas populares tenham sistema de captação de energia solar.

De acordo com a deputada, tornar a energia gerada mais barata, gerar economia de até 95% na conta de luz, dentre outros benefícios, a motivaram a apresentar o PL.

“Podemos citar também o investimento em energia limpa, ausência de impacto ambiental, baixo custo de manutenção, possibilidade de implantação de forma distribuída e criação de empregos. As pessoas usam o sol como fonte de energia e calor há milhares de anos, mas o avanço da tecnologia nos permite aproveitar ainda mais e melhor essa fonte de energia. Além da economia que o sistema proporciona, iremos contribuir para a sustentação do meio ambiente, deixando de produzir milhares de gases e economizando água, que é a principal fonte para gerar energia elétrica”, disse Edna.

Ainda de acordo com a deputada, a Paraíba é um exemplo a ser seguido pelo uso de energia solar. “Investir em energia solar significa valorizar cada vez mais as nossas riquezas naturais, e a nossa Paraíba vem desenvolvendo um trabalho bastante eficaz nesse sentido com fomentação de empregos e benefícios ao consumidor”, afirmou.

Ainda de acordo com o projeto, o custo de implantação de sistemas de geração de energia solar vem caindo dramaticamente nos últimos anos. De 2010 para 2020, estima-se que a redução nos preços desses equipamentos tenha sido de 86% . Não por menos, espera-se que, somente em 2021, a capacidade de geração de energia a partir de fontes solares no Brasil cresça 68% frente ao ano de 2020, passando de 7,46 GW para 12,56 GW2 .