Brasil

Depois de um ano de atropelos na Educação, Weintraub quer descansar

Depois de Augusto Heleno decidir pegar uma praia em dezembro, quem vai tirar férias no mesmo período é Abraham Weintraub. O chefe do Ministério da Educação tira 20 dias de descanso a partir de 14 de dezembro.

O ano foi marcado por uma guerra com universidades, cortes de verbas, postagens e mais postagens constrangedoras nas redes sociais e um certo programa que entrega estruturas das federais a tubarões do mercado imobiliário.

Teve, como não poderia ficar de fora, o famoso guarda-chuva.

Tags: Tags: