Fale Conosco

As investigações que apuram o armazenamento de caixas de dinheiro nas dependências da Granja Santana durante a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho estão avançando na Justiça, segundo informações do Blog de Helder Moura nesta terça-feira (21).

De acordo com o texto, as investigações teriam sido iniciadas após um cruzamento de informações fornecidas pela ex-primeira dama Pâmela Bório, pela ex-babá Janaína Alexandre e pela ex-secretária da Administração estadual Livânia Farias.

Segundo a matéria, tanto a ex-primeira dama como a ex-babá teriam confirmado ter visto caixas de dinheiro armazenadas na Granja. Já a ex-secretária teria indicado, sob forma de delação, a entrega de dinheiro em caixas, oriundo de propina, ao ex-governador.

No texto, o jornalista lembra que a ex-babá teria “escapado” da Granja Santana pelo muro de trás após recebimento de ameaças, que após ter revelado sobre a existência das caixas a ex-primeira dama foi processada pelo ex-governador e vítima de uma campanha difamatória orquestrada através de redes sociais e alguns espaços de mídia, e que a informação da ex-secretária teria sido confirmada por outras duas pessoas durante depoimentos. Veja depoimento da ex-babá: