Fale Conosco

O juiz Sergio Moro condenou o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares a cinco anos de prisão pelo crime de lavagem de dinheiro. O magistrado estipula que a pena deva ser cumprida em regime fechado. Moro também ordenou que seja paga uma multa de 130.000 reais.

“Condeno  Delúbio Soares de Castro, Enivaldo Quadrado, Luiz Carlos Casante, Natalino Bertin e Ronan Maria Pinto pelo crime de lavagem de dinheiro, consistente, no repasse e recebimento, com ocultação e dissimulação, de produto de crime de gestão fraudulenta de instituição financeira”, diz trecho da sentença, que diz respeito à 27 fase da Lava-Jato. 

Segundo Moro, “Delúbio Soares de Castro tem maus antecedentes, tendo sido condenado criminalmente por corrupção ativa”.

O juiz diz ainda que a lavagem envolveu especial sofisticação, já que foram utilizadas duas pessoas entre a fonte dos recursos e o seu destino final, e que houve ainda simulação de dois contratos falsos de empréstimo.

Segundo o juiz Sergio Moro, a ocultação e dissimulação serviu para encobrir o repasse de valores para o PT que ultrapassam os 6 milhões de reais. 

Fonte: Veja