Fale Conosco

Na manhã desta quinta (1), o Delegado de Defraudações e Falsificações de João Pessoa, Lucas Sá, esteve na rádio CBN e falou sobre andamento da operação Gabarito. A operação, que está na 3ª fase, já levou 31 pessoas para cadeia e pode ter arrecadado, no mínimo, cerca de R$ 21 milhões.

Segundo o delegado, o número de envolvidos com a fraude em provas de concursos investigados já chega a 100 pessoas. Nesta fase da operação, a polícia se concentra em analisar documentos apreendidos, além de computadores e listas de candidatos que também foram apanhados.

Lucas Sá ainda falou sobre concursos que serão investigados, uma média de 20. Na Paraíba, o delegado disse haver cerca de 200 pessoas que se beneficiaram com fraude. Todas serão investigadas e penalizadas.

Entre as penalidades, Lucas destacou que as pessoas irão responder judicialmente, serem afastadas dos cargos fraudados, e a devolverão valores que foram recebidos ao decorrer da ocupação no ofício.

O delegado também pediu apoio das instituições, pois “muitas pessoas sequer trabalham, e tiram a vaga de alguém que poderia ocupar a vaga”, diz ele.

Fonte: Polêmica PB