Fale Conosco

Os programas da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) de combate à fome e segurança alimentar são reconhecidos pela Organização das Unidas (ONU) como modelo a ser seguido. Em consequência deste destaque, as delegações de países africanos como Mali e Madagascar estiveram na Capital, nesta sexta-feira (12) para conhecer de perto as ações desenvolvidas pela PMJP. Esta é a segunda vez que delegações estrangeiras visitam a cidade de João Pessoa. No final de 2016, a delegação do Quênia também esteve na Capital para conhecer aos programas da PMJP. A primeira-dama de João Pessoa, Maísa Cartaxo, acompanhou ambas as delegações.

A visita teve como objetivo conhecer programas, projetos e ações do governo municipal voltados à segurança alimentar, além de verificar experiências positivas na agricultura familiar, com a operacionalização do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Os representantes dos dois países africanos puderam conhecer, ao vivo, todos os programas que garantiram à cidade de João Pessoa o reconhecimento internacional da Organização das Nações Unidas (ONU) como modelo de combate à fome.

O secretário Geral do Mali, Rolland Rabinson, destacou a importância da visita e a troca de experiência com a cidade de João Pessoa. “Estávamos muito ansiosos para conhecer esse programa. É importante essa troca de experiência para podermos levar ao nosso país uma política tão segura e eficaz como a que vimos por aqui. Foi muito proveitosa nossa viagem à cidade de João Pessoa e com certeza iremos aproveitar, da melhor maneira possível, a experiência que tivemos aqui”, disse.

Política eficaz – Atualmente a PMJP dispõe de cinco cozinhas comunitárias, dois restaurantes populares, um banco de alimentos e um programa de aquisição de alimentos. Assim, a PMJP consegue oferecer 3.200 refeições diárias à população.

A primeira-dama, Maísa Cartaxo, destaca que a gestão municipal tem conseguido efetivar uma política eficaz de combate à fome. “Através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Luciano Cartaxo tem investido de forma intensa no programa de segurança alimentar e o resultado é esse reconhecimento internacional. É muito gratificante receber essas visitas para mostrarmos nossa experiência”, afirmou.

O secretário da Sedes, Eduardo Jorge Pedrosa, ressaltou que a visita é fruto de um trabalho continuo que levou o município de João Pessoa a um grau de excelência em segurança alimentar. “Somos uma referência na questão de segurança alimentar devido ao sistema que montamos com programas desde compra até distribuição de alimentos. Essa troca de experiência é muito importante para que todos conheçam a nossa experiência que deixou João Pessoa como um dos destaques internacionais”, destacou.

Referência – Proporcionar segurança alimentar e nutricional à população mais carente de João Pessoa estão no centro das preocupações da atual gestão municipal. Através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), diversas ações tem sido empreendidas a fim de garantir o acesso regular e permanente da população à alimentos de qualidade.

Esse empenho recebeu reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU) no ano de 2015. O embaixador da instituição no Brasil, Jorge Chediek, declarou, na ocasião, que a Capital paraibana tornou-se modelo para a construção de uma sociedade mais justa e com menos pobreza.

Fonte: Assessoria