Fale Conosco

Quando soube ontem que o prefeito de Campina, Romero Rodrigues, não pagou a primeira parcela do décimo terceiro salário dos servidores, não fiquei surpreso. Ficaria se ele tivesse pago.

Mas, como dizem lá no alto da Serra, Romero não paga nem promessa a santo. E foram tantas as promessas que ele fez na campanha que é melhor contar nos dedos as que cumpriu, pois as descumpridas não cabem nos dedos das mãos e pés.

Crise, todo gestor está sob. Superar as dificuldades em um momento crítico é o que destaca um bom gestor de um gestor mediano ou ruim mesmo.

O que preocupa agora os servidores é que, se Romero não pagou a primeira parcela, será que conseguirá pagar o décimo todo em dezembro?

Torço que sim, mas tenho a impressão que não. E o cara chegar no ano da eleição com tanto lixo debaixo do tapete não tem aterro sanitário que resolva.