Fale Conosco

Até quando esse bonde vai caber sob o mesmo guarda-chuva? Se eu fosse Cássio e Efraim botava as barbas de molho e acompanhava com mais atenção a estratégia de crescimento e supremacia do PSB. 

Edvaldo Rosas recebeu recomendações de Ricardo para aos poucos encampar, amaciar e enquadrar o cassismo.

Assim como um lagarto que vira borboleta, os socialistas vão absorver toda base de Cássio, o que interessa da de Efraim e parte da de Maranhão.

É claro que alguns girinos não vão virar peixe graúdo nunca, pois só sabem nadar em água rasa e receberão um pirulito para não ficar chupando dedo.

Já as traíras graúdas receberão tratamento especial do cheff de coisine Walter Aguiar, preposto de RC para frituras e cozinhamento em geral.

Às vezes serão fritas no azeite de dendê; outras cozinharão em banho maria.

Quando tudo mundo tiver de boquinha aberta pedindo peitinho da vaca, entra a fase final do plano: lobotomia e juramento ao novo kaiser.

Percebam que já tem tucaninho beliscando pétalas de girassol por aí.

Cá pra nós: ou Ricardo acaba com a classe política ou a classe política se junta e acaba com ele.

Sabiam que Maranhão e Cássio podem se unir lá na frente para enfrentar o inimigo comum?