Fale Conosco

Os debates em torno da reforma da Previdência continuam acirrados no meio político.

Na próxima quarta-feira (13), a Câmara Federal dará início à análise do texto da reforma, que, segundo o presidente Jair Bolsonaro não pode levar um ano para ser votado.

Para a senadora paraibana Daniella Ribeiro (PP) há alguns pontos que são “inegociáveis” e ela se compromete a debater tais temas até que  a reforma não puna os que pouco tem e privilegie os mais abastados.

“Só não dá pra tirar de quem já não tem e privilegiar quem tem, então isso aí tou fora, não é esse o meu papel não foi pra isso que fui eleita, esse compromisso eu tenho. O que é importante dizer é que ela (a reforma) é necessária, entretanto você sacrificar quem já se sacrificou e vive sacrificado pagando a conta de quem vive os privilégios. Vamos fazer a coisa de forma onde haja consideração e respeito às pessoas” disse. Com informações PBAgora.