Fale Conosco

A sabatina com os secretários do governo na AL a semana passada não convenceu a deputada estadual Daniella Ribeiro (PP). Mas um capítulo da novela sobre os servidores demitidos no primeiro ato governamental de Ricardo Coutinho está para começar. Daniella disse, através de sua assessoria, que acionará ainda esta semana o Ministério Público Estadual para acompanhar o caso.

A tentativa do secretário da administração, Gilberto Carvalho, de distrair os parlamentares jogando pedras no governo anterior foi sinal de que não há explicações para tanto descaso.

“O Governo não trouxe resposta alguma, foi totalmente dispersivo. Tentou através da manobra de convocar mais dois secretários para virem falar da situação de finanças do Estado, querendo desviar o foco que era as demissões dos servidores e dos prestadores de serviço”, informou a deputada, completando que não vai se calar diante da obscuridade nas ações do governo.

Como “contra fatos não há argumentos”, a mesma canetada que colocou na rua os comissionados “perseguidos”, favoreceu, só no Diário Oficial do último domingo (20) que circulou nesta terça, mais de 300 pessoas com gratificações em várias secretarias. Parece que para os de casa a regra do jogo muda.