Fale Conosco

Em entrevista uma emissora campinense na manhã desta segunda-feira (30) em Campina Grande a deputada estadual Daniela Ribeiro (PP), avaliou os 1000 dias do governo Ricardo Coutinho e os 270 dias da gestão tucana de Romero Rodrigues em Campina Grande.

Em ambos casos a deputada lamentou a falta de planejamento como as promessas não cumpridas.

Sobre os 1000 dias de Ricardo Coutinho a frente do Governo do Estado, a deputada destacou que já protocolou um pedido de informação na Assembleia para que a atual secretaria de comunicação Estela Bezerra explique os gastos milionários de publicidade na revista Veja da semana passada, que segundo ela anunciaram algo que não existe. 

Foi anunciado na revista que o governo estadual teria criado o juizado da mulher que foi uma iniciativa do poder judiciário, mostrado ações em estradas que hoje estão abandonada como a de Juripiranga-Pilar, mostrado um estado seguro quando a população vê outra realidade.

Avaliação do governo Romero/Cunha No âmbito de Campina Grande, a deputada pepista não poupou críticas ao governo Romero/ Ronaldo Cunha Lima do PSDB. Segundo ele, o governo tucano não tem dado respostas aos servidores, que estão em constantes greves por atrasos de salários e péssimas condições de trabalho. Um dos atributos alegado por Daniela e que faltam planejamento e projetos a esse governo, que segundo ela estaria criando desculpas para por culpa na gestão anterior. Existe uma total falta de planejamento, veja o fechamento dos restaurantes populares que prejudicou o povo. O prefeito Romero tem que parar de olhar para o retrovisor. Se tivesse na administração passaria a buscar ações e não desculpas.

Candidatura de Cássio Para a deputada do PP o PSB e PSDB são um só. Cássio é corresponsável pela gestão de Ricardo, pois tem inúmeras secretarias. Eles construíram o mesmo discurso, afirmou Daniela, que concordou como discurso peemedebista de que uma eventual candidatura de Cássio não prejudica a oposição.