Fale Conosco

Fogo amigo é quando os de casa passam a jogar pedra nos de casa, reforçando as pedradas arremessadas pelos de fora. João Azevedo ainda não sabe, mas uma semana antes de desistir partiu de dentro do seu círculo a notícia de que estava para jogar o chapéu e por isso eu antecipei os fatos confirmados na reunião do PSB, apesar de negado na véspera pelo próprio governador.

João Azevedo não teve culpa da curta e fracassada carreira política. Foi jogado na praça sem pedir para ser exposto, testado e reprovado como subproduto da única árvore que poder gerar sobra na nação girassol.

Arrisco dizer que João Azevedo foi sabotado pelos seus, abandonado a própria sorte, apesar de ter sido encubado, entubado e maquiado para ser na Matrix socialista a imagem e semelhança da matriz, RC, o bom.

Mas, quem teria vazado a amargura de João Azevedo antes mesmo de o governador impedir seu gesto solitário de renúncia?

O fracassado fracassa já na escolha do seu entorno e João escolheu uma peça que trabalhava contra ele e fez questão de compartilhar na praça as suas angústias.

Quem? Vou facilitar não, PSB. Descubram. Era minha fonte? Não! Um vazador mesmo.