Fale Conosco

O secretário Walter Aguiar (PT) declarou em entrevista à imprensa na tarde de hoje (21) que para o governo de Ricardo Coutinho (PSB), seria mais interessante que o deputado Lindolfo Pires (DEM) assumisse o comando da Assembleia Legislativa no lugar do atual presidente, que tenta a reeleição, Ricardo Marcelo (PSDB). “Está claro para o Estado a posição do governador sobre a pessoa que, para o Governo, seria a ideal para assumir a presidência da Assembleia”disse.

Segundo ele, Ricardo prefere que o novo presidente daquela Casa seja alguém da base governista. “Seria mais fácil dialogar. A base do governo precisa definir um candidato e apresentou Lindolfo Pires”, disse o secretário.

Com relação ao deputado Ricardo Marcelo (PSDB), Walter Aguiar disse que o atual presidente da Assembleia não faz parte da base de sustentação do governo de Ricardo Coutinho. “Nós temos dialogado muito pouco com Ricardo Marcelo”, revelou.

As declarações de Walter Aguiar deixam claro que Ricardo Marcelo será “boicotado” como previu o deputado eleito Tião Gomes. Na tarde de ontem Tião disse que na eleição para a presidência da Assembleia, Ricardo Marcelo seria traído, assim como aconteceu nas eleições do Sebrae paraibano, quando o candidato Anselmo Castilho aparecia como o preferido e, supostamente contava com maior número de apoios e, na hora do vamos ver, Júlio Rafael conseguiu, mais uma vez, se  manter à frente do órgão.