Fale Conosco

A crise na região amazônica aumentou a expectativa interna em relação ao discurso de Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, no mês que vem.

Espera-se que o presidente inicie um período de “panos frios” na política externa para não melar a assinatura do acordo com a União Europeia, prevista para abril de 2020.

A informação é da coluna Painel da Folha de São Paulo.

Da redação