Fale Conosco

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os responsáveis pelo pagamento e divulgação de imagens de deputados que votaram contra o projeto de lei do Governo Estado que tratava da permuta do terreno da Acadepol se reuniu na tarde desta segunda-feira (17) para ouvir os depoimentos dos primeiros convocados.

O representante do Fórum em Defesa do Desenvolvimento Econômico da Zona Sul, Jair Soares, foi um dos primeiros convocados para depor na CPI, cuja relatoria ficou sob a responsabilidade da deputada Daniella Ribeiro (PP).

Até aí, tudo bem, se não fosse o caso de Jair ter se filiado recentemente ao mesmo partido da parlamentar.

A pergunta que fica no ar. Qual é o PP que está com a razão? O de Daniella ou o de Jair? Será que o partido de Enivaldo Ribeiro passa por alguma crise de identidade? Como um cidadão comum pode saber com quem está a razão?

É bom lembrar que o PP do presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira, aliado do prefeito Luciano Agra e do governador Ricardo Coutinho, que filiou Jair Soares, é o mesmo que tem atualmente tem em seus quadros, o vereador Felipe Leitão, levado para o partido pelas mãos dos Ribeiro.

A população precisa de uma resposta. O PP é ou não é oposição ao Governo do Estado? O que podemos dizer, pelo menos a ‘olho nu’, é que o partido de Francisco Dornelles não tem credibilidade e autonomia para investigar ninguém, nem eles próprios.