Fale Conosco

Atenção: Deu entrada as 09h36m desta sexta-feira no Hospital de Trauma uma criança vítima de arma de fogo.

Ela está sendo encaminhada agora para a sala de cirurgia com seis perfurações de bala e há apenas um médico cirurgião para operá-lo.

É uma situação dramática ocasionada pelo impasse entre governo e grevistas.

Se de um lado a intransigência do governador Ricardo Coutinho criou esse ambiente belicoso, do outro o fato de os médicos terem pedido demissão coletiva amplificou o problema.

Como sempre, quem vai pagar a conta é o povo com a própria vida.

Intervenção federal já!

Em tempo: o cirurgião chama-se Rafael Rebouças e está indo agora na delegacia da Epitácio Pessoa registrar um Boletim de Ocorrências dizendo que o que acontecer com o paciente não é culpa sua, pois se encontra sozinho no plantão.

Que Deus proteja este inocente.

Mais informações a qualquer momento.

ATUALIZAÇÃO AS 10h01m – A criança está sendo operada e a imprensa se mobiliza na porta do Trauma fazendo pressão para que venham mais médicos acompanhar a cirurgia.

ATUALIZAÇÃO AS 10h24 – O menino ferido tem 14 anos, E.S. foi atingido por sete tiros na Comunidade Jardim Europa, no bairro Tibiri II, em Santa Rita, localizada na região metropolitana da Capital. Os tiros atingiram o tórax e o abdomen do adolescente que passa neste momento por cirurgia.