Fale Conosco

 

Qual é a de Cássio? É a pergunta que todos fazem nos bastidores da política. E a resposta, ainda uma incógnita, interessa a governistas e oposicionistas.

Situação, Cássio rompeu com Ricardo e lançou-se como contraponto, não sem antes atropelar o então pré-candidato do PMDB, Veneziano, prejudicado pelo voto útil que migrou para o tucano.

Oposição, Cássio travou uma batalha contra todasas forças, perdeu a chance de liquidar a fatura no primeiro turno e no segundo recebeu a ida do PMDB para RC como um tiro de misericórdia em suas chances de vitória.

Pela segunda vez com mais de 1 milhão de votos, ninguém pode lhe tirar o posto de maior líder da oposição.

Mas, e daí? O que ele pretende fazer com esse legado? Será pai ou padastro dos seus seguidores? Assume as rédeas e dará combate sistemático ao governo ou vai para uma moita esperar a hora de reaparecer em cena?

Só o próprio Cássio poderá responder. Mas, estou na dúvida se deputados, prefeitos e outras forças estejam dispostas a esperar.

Jogar parado nem sempre é a melhor estratégia.