Opinião

Coordenador do Gaeco, Paulo Neto alfineta soltura de Ricardo Coutinho no facebook: “só quem não pode pagar, fica preso”

O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Octávio Paulo Neto, usou as redes sociais, nesta quinta-feira (13), para fazer uma crítica ao sistema judiciário. Em uma postagem no facebook, o coordenador da Calvário afirmou que no Brasil “só quem não pode pagar, fica preso”.

O texto, na verdade, serviu de legenda para um vídeo de um julgamento em que o presidente do Supremo Tribunal federal (STF), Dias Toffoli, cita uma peça jurídica. Confira:

Tags: Tags: