Fale Conosco

As contas do governo Ricardo Coutinho exercício 2012 vão a julgamento neta segunda feira no TCE e do posicionamento dos conselheiros ligados a Cássio Cunha Lima no TCE poderemos mais uma vez saber se o rompimento entre Cássio e RC é pra valer ou jogo de cena com cada um se valorizando antes de uma rodada final de negócios.

Quem não é hipócrita sabe que o grupo de conselheiros com DNA Cunha Lima é maioria naquela corte, cujos membros são indicados pelo governador de plantão na época do surgimento da vaga. O preidente da casa, por exemplo, é irmão do secretário de Planejamento. Gustavo e Fábio são Nogueira, ambos cassistas de carteirinha.

Sem querer desmerecer a lisura e julgamento criterioso, sempre há um resquício na composição da opinião final de um parecer.

No caso da Granja, por exemplo, RC estava levando a pior, mas de uma hora para outra votos foram modificados e as contas aprovadas.

Nesta segunda saberemos se o rompimento é pra valer ou apenas mais um desses blefes que ajudam na negociação política.