Fale Conosco

Cumprindo agenda em Brasília, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), recebeu nesta quarta-feira (23), às 10h, na Câmara Federal, o prêmio “Dr. Pinotti – Hospital Amigo da Mulher”, título concedido pelo Congresso Nacional para entidades governamentais, ou não governamentais. Porém a Câmara Federal não deve ter tido acesso as várias denúncias de descasos no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) que foram temas de matérias de rede nacional como a Rede Globo.
O suposto prêmio dado ao prefeito, pelo parlamento federal é para com trabalhos ou ações merecem especial destaque pela promoção do acesso e pela qualificação dos serviços de saúde da mulher. Agora a dúvida é será que os políticos concededores deste prêmio, tiveram acesso a reportagem do programa Borborema Notícias, da TV Borborema, que exibiu uma reportagem mostrando o descaso do poder público municipal com o ISEA, a maternidade pública de Campina Grande. Na reportagem, médicos enfermeiros e funcionários denunciam, falta de condições mínimas de trabalho e alertam que isso pode levar a morte de crianças e suas respectivas mães a tendidas na unidade. ASSISTA: https://youtu.be/K9Y95bHDBGU
Em entrevista à emissora a obstetra Cláudia Bianca, disse que falta apoio da prefeitura para ofertar um lugar digno para as pacientes em trabalho de parto e já paridas. “Nós temos na sala de parto 18 leitos, incluindo três leitos em corredor, que a gente trabalha normalmente com pacientes em cadeiras em pleno trabalho de parto. Porque a gente não tem vaga na maternidade para essas pacientes já paridas”, disse.
A reportagem mostrou pacientes gravidas deitadas no chão dos corredores do ISEA. Já Patrícia Loureiro que é anestesiologista no instituto, reclama que não existe material adequado e suficiente para exercer seu oficio. “Precisaria de três carrinhos de anestesia, duas salas cirúrgicas e uma sala para fazer coletagem. A gente só tem um carrinho de anestesia”, desabafou. Ou a matéria da rede Globo de Televisão, onde médicos denunciam iregularidades na unidade: http://g1.globo.com/pb/paraiba/jpb-1edicao/videos/t/edicoes/v/medicos-denunciam-irregularidades-no-isea-em-campina-grande/6336365/?mais_vistos=1
Morte de 45 bebês no ISEA ganha destaque nacional na Globo; veja – O descaso com a saúde pública na gestão Romero em Campina Grande também ganhou o noticiário nacional com essa matéria do programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo de Televisão, numa reportagem mostrando a grande quantidade de mortes de bebês no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida – ISEA, a maternidade pública de Campina Grande.
O caso veio à tona na semana passada, após denúncia do Ministério Público e do Conselho Regional de Medicina – CRM-PB. Segundo o levantamento desses dois órgãos, só nos primeiros três meses do ano 45 recém-nascidos vieram a óbito no ISEA, número considerado alarmante pelas autoridades de Saúde.

 

Redação