Notícias

Confiante na revogação da aliança com os Ribeiros e retomada da candidatura própria, Alexandre agradece apoios

Em Campina o tempo político ali nos arredores da sede do do PT é instável e sujeito a pancadas de chuvas a qualquer momento. Nao é aconselhável reunir no mesmo ambiente a turma de Perón e o grupo liderado pelo presidente municipal Alexandre Almeida, pois a troca de farpas é intensa.

Alexandre tem dado sinais de que contatos com a cúpula nacional foram prosutivos e que o regimento interno será rspeitado e aliança com o PP revogada para viabilizar a candidatura própria.

Em agradecimento a nota publicada pelos petistas do diretório do Partido dos Trabalhadores de João Pessoa a postura autoritária da direção estadual ao PT de Campina, que desrespeitou os filiados e às normas do Partido, o presidente municipal da legenda em Campina, Alexandre Almeida cita:  

Amigos de João Pessoa:

Agradeço penhoradamente o apoio à nossa causa em Campina Grande.

A despeito de nossas diferenças na orientação política, somos companheiros de um mesmo Partido, aliás, do maior Partido do Brasil.

Este mesmo partido que é exemplo a todos os outros, na medida da tradição que tem em respeitar suas normas internas, sempre forjadas em conceitos democráticos que trazem segurança à todos os filiados, indistintamente.

Entretanto, aqui em Campina Grande e na direção estadual, temos visto comportamentos dignos dos mais autoritários ditadores da história, sem quaisquer respeito aos filiados e às normas do Partido.

Mas sabemos que a massa dos filiados quer a garantia da democracia interna de nosso partido, com respeito às diferenças de orientação política e às minorias, de forma a estabelecermos debates legítimos em prol do crescimento e da consolidação política do PT na Paraíba.

Isto nos dá e dará ainda mais, o vigor necessário para construirmos uma nova força interna no PT/PB para derrotarmos, em uma eleição democrática, aqueles que teimam em adotar posturas lamentáveis na direção partidária, tais quais as que estamos presenciando aqui em Campina Grande.

Mais uma vez muito obrigado a todos os Companheiros que se dispõem a lutar conosco no bom combate.

Alexandre Almeida

Presidente do PT-CG 

Resolução do PT de João Pessoa na integra: 

Diretório Municipal do PT aprova resolução que poderá mudar por rumos do partido em João Pessoa

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores aprovou na noite desta quinta-feira, 26, durante encontro realizado no Sindicato dos Bancários, na Capital, uma resolução que poderá mudar os rumos do partido nas eleições de outubro.

No texto, os dirigentes se mostram insatisfeitos com o posicionamento do diretório estadual e pedem intervenção das instâncias superiores do PT. Eles reivindicam que as regras do estatuto sejam respeitadas e pedem providências. A resolução foi aprovada por 21 votos a 14. Segue abaixo o texto na íntegra.

Resolução Política

1.                  Entendemos que o projeto nacional é prioritário para o PT, acreditamos fortemente nas mudanças em curso em nosso país. Assim, cabe ao Partido dos Trabalhadores em cada município Brasileiro nas eleições municipais de 2012 construir politicas que fortaleçam o projeto de nosso governo federal e de nosso partido em nível nacional. A Direção Municipal do PT estará inteiramente dedicada e a serviço deste projeto;

2.                  O PT caracteriza-se ao longo dos seus 32 anos por ser um partido democrático. Em João Pessoa não é diferente, demos um exemplo de organização, respeito às regras partidárias e aos nossos contratos internos, organizamos um processo de escolha da Tática Eleitoral transparente e elogiado por todos. Cumprimos à risca o que determina o nosso Regulamento e Estatuto partidário;

3.                  Infelizmente, e ao contrário do que construímos em João Pessoa, a Direção Estadual do PT, juntamente com nossa bancada na AL PB, capitaneados pelo deputado Luciano Cartaxo, deu um duro golpe em nossa história e nos filiados da Cidade de Campina Grande, quando no último domingo atropelou o Encontro chamado para escolher o candidato do PT daquela cidade, e ao arrepio das regras e contratos partidários, fez aprovar uma determinada aliança nebulosa, conservadora e pouco transparente;

4.                  De há muito tempo parte da Direção Estadual e a nossa Bancada na AL PB vinham enganando a sociedade e os nossos filiados, com um discurso vazio e demagógico. Hoje, o que a Paraíba inteira assiste é o imenso desgaste da imagem do nosso partido, em razão de acordos nebulosos, obscuros e que buscam unicamente beneficiar pessoas e não os interesses da sociedade. Cabedelo, Sapé, Sousa, Guarabira e agora Campina Grande, são ainda poucos exemplos de que tal política temerária está resultando para o PT – A máscara caiu! ;

5.                  Desta forma, o Diretório Municipal do PT de João Pessoa afirma que não aceitará que quebrem as regras partidárias ao bel prazer de alguns, seremos guardiões de nossos regulamentos e estatuto;

6.                  Assim, prestamos total solidariedade ao PT de Campina Grande e Sousa, pela clara perseguição truculenta que sofrem seus filiados e seus dirigentes por parte da Direção Estadual e da nossa bancada do PT na AL PB, e afirmamos que tomaremos todas as medidas cabíveis para garantir a legalidade, o respeito às regras democráticas e a integridade do PT;

7.                  Hoje, infelizmente, por irresponsabilidades de alguns, o PT serve de chacota e piada nos mais diversos meios de comunicação do Estado, sendo tratado inclusive como Partido da “Traição” e que não respeita acordos, dentre outros adjetivos nada enobrecedores;

8.                  Por fim, entendemos que cabem as instâncias superiores do PT chamarem o feito à ordem, com o consequente respeito aos regulamentos estabelecidos, não permitindo que acordos nebulosos sejam celebrados a revelia das regras partidárias. Se as regras e Estatutos do partido são nacionais, devem valer para todos os municípios e não de acordo com as conveniências e interesses de alguns. Caso contrário será vontade desta instancia municipal rediscutir seus rumos para o processo eleitoral próximo.

João Pessoa, 26 de Abril de 2012.

DIRETÓRIO MUNCIPAL DO PT DE JOÃO PESSOA