Fale Conosco

Na próxima terça feira, dia 6, eu e o ex-deputado Rodrigo Soares, presidente estadual do PT,vamos depor na Polícia Federal, mas infelizmente não fomos convocados para denunciar a quadrilha que assalta os cofres públicos e desvia recursos destinados as criancinhas, a exemplo dos escândalos da merenda e dos livros.

Gostaria de junto com Rodrigo dizer ao delegado federal que esses milhões que foram comprovadamente desviados são oriundos de repasses federais e, portanto, competência da PF, que deve investigar, algemar e prender os culpados.

Mas, nós não vamos ser ouvidos sobre essas coisas que a Paraíba tomou conhecimento e exige apuração e prisão dos bandidos. Fomos intimados para esclarecer dúvidas sobre a campanha passada, uma querela entre Luís Couto e o resto do PT.

Porque será que se perde tanto tempo com coisas subjetivas e menos importantes e as que realmente importam os juízes não determinam que a PF investigue?

Como pode policiais tão capacitados perderem tempo com picuinhas partidárias, se cá fora uma quadrilha está sendo desbaratada pela mídia?

Alguém mais complacente e moderado logo me diz para não rotular de marginal quem ainda é suspeito e eu digo: suspeito são os que estão na fila à espera da substituição dos picaretas.

Quem lesou o cofre público sob qualquer argumento, inclusive o que cumpria ordens, surrupiou de crianças carentes recursos que já são tão escassos e não merece clemência. Deve ir para um presídio comum juntar-se a escória.

O pior de todos os corruptos é aquele que bravateia na frente do povo uma honestidade que nunca existiu em seus atos desde o nascedouro.

Pior do que o corrupto comum é o corrupto premeditado, que entrou ma vida pública pensando em se locupletar, mas usando a capa da moralidade para se eleger.

O embusteiro merece uma pena maior. Não há outra saída para a Justiça paraibana a não ser julgar e prender quem cometeu e comete crimes de colarinho branco.

Essa turma precisa ver o sol nascer quadrado. Mas tem sempre outro corrupto pronto para aliviar e deixar que escapem…o problema é que os holofotes estão prontos para ajustar o foco da mídia sobre quem se associar para o crime em qualquer esfera.

Eu disse, em qualquer esfera.