Fale Conosco

Na manhã desta sexta-feira (4), as comissões de transição da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e do prefeito eleito, Cícero Lucena, tiveram a primeira reunião conjunta no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, iniciando a transição de gestão mais transparente já realizada na Capital. Durante a reunião foram definidos os protocolos e como será realizada a comunicação entre as duas comissões no tocante a informações e documentos que serão fornecidos à gestão que toma posse em janeiro.

A comissão da atual gestão é formada pelos secretários Ubiratan Pereira (Setransp), Lauro Montenegro (Administração), Adalberto Fulgêncio (Saúde), Sérgio Barbosa (Finanças), Roberto Wagner (Planejamento), Abelardo Jurema (Meio Ambiente), Hildevânio Macedo (Gestão Governamental e Articulação Política) e Adelmar Azevedo Régis (Procurador-Geral do Município).

“A reunião de hoje foi para mostrar o empenho que a equipe do prefeito Luciano Cartaxo tem nesse momento de transição. Reafirmamos que toda e qualquer informação relativa a Prefeitura está sendo disponibilizada para a equipe do prefeito eleito, para que seja feita uma transição célere e transparente, como tem sido toda a gestão do prefeito Luciano Cartaxo”, reforçou Ubiratan Pereira.

A comissão de transição do prefeito eleito é formada pelo advogado Walter Agra, o empresário José William Montenegro, o senador Diego Tavares, a professora América Assis, o médico Fábio Rocha e a administradora Vaulene Rodrigues.

“Essa reunião serviu para afinar a forma de proceder das duas comissões de transição. Estamos com grande expectativa que seja tranquilo, que tudo aconteça da melhor forma possível” completou Walter Agra.

Conforme anunciado na última quarta-feira (2) pelo prefeito Luciano Cartaxo, o novo gestor da Capital receberá uma cidade pronta para o futuro, uma gestão eficiente, com salários e precatórios em dia, fornecedores pagos e despesas com pessoal de acordo com o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. João Pessoa tem em caixa recursos na ordem de R$354 milhões, garantindo novos investimentos e continuidade de diversas obras em execução.