Fale Conosco

A Comissão Externa para acompanhar os Programas de Transposição e Revitalização do Rio São Francisco (CTERIOSFR) do Senado Federal, presidida pelo senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), começa nesta quinta-feira (07), a visita ao canteiro de obras da transposição,  a maior obra de infraestrutura hídrica do país.

Os parlamentares que integrantes da Comissão Externa, desembarcam  no aeroporto de Juazeiro do Norte (CE), por volta das 14h. Além do Senador Vital do Rêgo, integram a comissão, o relator, Senador Humberto Costa (PT/PE), e o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho.

Em seguida, a comitiva, que contará também com os Senadores Cícero Lucena (PSDB/PB) e Inácio Arruda (PC do B/CE), seguirá para visita ao Túnel de Cuncas I, em São José de Piranhas (PB), a 130 quilômetros de Juazeiro do Norte. O objetivo da comissão, conforme destacou o senador Vital, acompanhar de perto o andamento da obra  entre nos eixos que tinha a sua conclusão determinada pelo  Ministério da Integração Nacional para 2015.  

Vital adiantou que a comissão pretende a partir de abril, fazer visitas regulares aos canteiros nos quatro Estados beneficiários do projeto.” Em seguida, a comitiva, que contará também com os Senadores Cícero Lucena (PSDB/PB) e Inácio Arruda (PC do B/CE), seguirá para visita ao Túnel de Cuncas I, em São José de Piranhas (PB), a 130 quilômetros de Juazeiro do Norte.

 Na manhã da sexta-feira, às 10h, depois de ir ao canteiro de obras do Lote 5, em Jati (CE), o presidente e o relator da comissão externa e o ministro da Integração Nacional farão novo atendimento à imprensa no mirante do canteiro de obras da Estação de Bombeamento I 3, do lote 8, em Salgueiro, distante 20 quilômetros da sede do município.

Presidida pelo senador Vital do Rêgo e tendo como relator o senador Humberto Costa (PT-PE),  a Comissão Especial Externa “Transposição do Rio São Francisco”,”criada pelo RQS nº 514 de 2011, tem como objetivo  acompanhar todos os atos, fatos relevante, normas e procedimentos referentes às obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional, popularmente conhecida como “Transposição do Rio São Francisco”, bem como o Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

Vital do Rêgo reafirmou a seu empenho em contribuir para que o sonho do nordestino vire realidade. Ele lembrou que a transposição é a maior obra estruturante do Nordeste quando estiver pronta irá beneficiar 12 milhões de nordestinos nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco.