Fale Conosco

O comandante da Polícia Civil do Distrito Federal, Renato Souza, que pilotava o helicóptero da Força Nacional que sobrevoava a área do Pantanal, no Mato Grosso, e caiu, passará por uma cirurgia na coluna. O procedimento deve ocorrer entre 15h e 17h. De acordo com o Ministério da Justiça, Souza passa bem e está consciente.

Os outros dois homens feridos no acidente também estão fora de perigo, apesar dos ferimentos. A pasta informou que o copiloto, Luiz Berberick, que sofreu fratura exposta na perna, passou por cirurgia, nessa quinta-feira (8/10) à noite e está em recuperação. O tripulante Emerson Martins está passando por exames de rotina. Após a queda, eles foram levados para a capital, Cuiabá (MT).

Nessa quinta, o helicóptero saiu de Corumbá (MS) por volta das 12h e caiu no município de Poconé (MT), onde estão outras equipes de combate aos incêndios. Os tripulantes faziam parte da equipe que combatia as queimadas no bioma pantaneiro. Eles foram socorridos em um outro helicóptero, da Marinha, que também atua na Operação. As causas do acidente ainda não foram elucidadas.

Correio Braziliense