Fale Conosco

Uma declaração sábado último no encontro do diretório municipal, que aprovou candidatura própria na Capital, deixou todo mundo calado na sede do PMDB.

É que o ex-vereador Marcone Paiva pediu a palavra e resolveu desabafar. “Time que não joga não tem torcida e o PMDB, aliado a quem está, vai definhar e perder seu espaço  histórico”, definiu Marcone.

Ele defende a candidatura de Manoel Júnior e acha que chegou a hora de o partido conquistar a prefeitura de João Pessoa, mas faz uma ressalva: “temos que nos afastar dos delinquentes”.

Marcone Paiva já foi vereador, secretário de Esportes e deve lançar o filho, Márcio Paiva, candidato ao parlamento mirim no próximo ano.

E O RODÍZIO? A candidatura própria foi aprovada por 42 a 1 e esse resultado bota de vez o nome do deputado Manoel Júnior na rua. Gervásio Maia disse que não será obstáculo a uma decisão por candidatura própria, pois sempre defendeu essa tese.

Só resta agora o deputado Manoel Júnior honrar sua palavra e promover o rodízio no diretório, entregando a presidência à Gervasinho.

Ou Manoel Júnior não gosta de cumprir trato?