Fale Conosco

Todo mundo sonha em ser prefeito de Cabedelo e esse desejo dar-se pelo vistoso FPM, mas ninguém de fato pensa em resolver os problemas da cidade, que tem seus bolsões de miséria, falta de saneamento, déficit habitacional, saúde e educação com falhas graves.

Parte mais vistosa e atraente aos olhos dos políticos, a arrecadação de impostos das fábricas, do Porto e IPTU, que deixa Cabedelo muitas vezes até em segundo lugar no estado, perdendo apenas para João Pessoa, é justamente o que tem condenado os moradores a uma seqüência maléfica de gestões desastrosas.

Não vejo nenhum pré-candidato apresentar as contradições entre a arrecadação e os problemas, projetos viáveis e soluções. Apenas anunciam que são candidatos e ponto final.

Cabedelo tem problemas em Camalaú, em Jacaré, em Intermares, no centro e em todos os quatro cantos que lhe cercam e não são poucos.

Coleta de lixo deficiente, escuridão por falta de reposição de lâmpadas, buracos, falta de esgotamento sanitário, escola pública de baixa qualidade, saúde deixando a desejar e desemprego. Cabedelo é uma cidade sem planejamento.

O atual prefeito é fruto de uma frustração, que foi a eleição e renúncia de Luceninha. A ilegitimidade popular de Leto e o imobilismo de sua gestão levam a crer que dificilmente conseguirá se reeleger.

Mas, todos querem saber, quem não será uma nova decepção?