Fale Conosco

A cidade de Cachoeira dos índios, na Paraíba, está sem nenhum candidato para a Prefeitura. Isso porque os dois nomes registrados foram negados pela Justiça Eleitoral. Trata-se do atual prefeito do município, Allan Seixas (PSB), e do oposicionista Têta Francisco (PP). O primeiro foi impugnado por já ter sido reeleito uma vez e o segundo por ter sido alcançado pela Lei Ficha Limpa.

Allan Seixas foi eleito vice-prefeito em 2012, para o mandato entre 2013 e 2016. Acontece que em 2016 o titular do cargo, Francisco Dantas Ricarte, o Bodim, foi afastado do Prefeitura sob acusação de envolvimento em esquema corrupção, em caso investigado pela operação Andaime, do Ministério Público Federal. Com isso, Seixas assumiu o cargo em agosto do mesmo ano e foi reeleito ainda naquele ano.

Devido a ter ocupado a direção do município nos dois mandatos, a Justiça Eleitoral entendeu que ele não poderia disputar uma nova eleição. O caso foi analisado pela juíza Dayse Maria Pinheiro Mota, da 68ª Zona Eleitoral de Cajazeiras. A decisão foi proferida após manifestação do Ministério Público Eleitoral. A defesa do prefeito apresentou recurso ao Tribunal Regional Eleitoral e segue esperando a reapreciação do caso.

O caso de Têta também não é simples de ser resolvido. Ele foi barrado com base na lei da Ficha Limpa. Tudo por causa de condenação por falsificação de documentos.

Nos dois casos, os partidos poderão substituir os candidatos até o dia 28 deste mês. Podem ainda apelar para as instâncias superiores, na tentativas e reverter a decisão do primeiro grau. As eleições deste ano vão acontecer no dia 15 de novembro.