Fale Conosco

Os médicos cirurgiões que prestam serviço ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa voltaram ao trabalho na noite de ontem, depois de entrarem em acordo com o Governo do Estado que teve que negociar e voltar a pagar o valor de antes que é de R$ 1 mil por plantão.

Felizmente, o maior Hospital tem de novo médicos cirurgiões em número suficiente, ou quase, para atender os pacientes que chegarem. Assim, espero ter que relatar fato semelhante ao que houve ontem, quando o único cirurgião no Trauma teve que registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia para não ser responsabilizado por quaisquer coisas que viessem a acontecer com pacientes, especialmente com o rapaz que chegou bastante ferido, com sete balas no corpo, e que veio a falecer durante a cirurgia.

Espero também que o Governador tenha entendido que ceder de vez em quando ajuda o povo a ter dignidade quando precisar de um serviço público, e isso não torna o Governo menos digno, é a única forma de governar numa democracia.

Todos tem que ceder, não é justo ser eleito pelo povo para tentar impor um regime autoritário na Paraíba.

Em tempo: mesmo com o retorno dos prestadores, os médicos do quadro efetivo do Trauma paralisaram as atividades. Tem que negociar Ricardo!!!!