Fale Conosco

João Pessoa deu um passo importante nesta segunda-feira (10) para se tornar de fato uma cidade inteligente – conceito empregado para aqueles municípios que desenvolvem projetos e soluções tecnológicas no ambiente urbano. O prefeito Cícero Lucena e o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, assinaram um termo de cooperação para viabilizar suporte da instituição em ações da gestão municipal em áreas como mobilidade urbana e segurança.

O encontro aconteceu no gabinete do prefeito, no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, e também contou com a presença do vice-prefeito, Leo Bezerra, e do secretário de Gestão Governamental e Articulação Política (Segap), Diego Tavares. Na oportunidade, Cícero Lucena adiantou que a Prefeitura de João Pessoa planeja desenvolver projetos com base na experiência de outras cidades que já contam com suporte da ABDI.

“É uma instituição com larga experiência, que a cada dia desenvolve novos produtos em parceria com o poder público. A partir desse termo de cooperação, poderemos planejar projetos como a modernização da sinalização dos semáforos, a iluminação pública, o gerenciamento de energias renováveis, a exemplo de carros elétricos para a gestão de frotas da prefeitura. É uma parceria que vai ajudar a prefeitura na eficiência, capacidade, redução de custo e qualidade do serviço”, disse o prefeito.

O presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, lembrou que a parceria oficializada nesta segunda-feira com a Prefeitura de João Pessoa é fruto de conversas que teve com o prefeito Cícero Lucena, em fevereiro deste ano, quando o gestor esteve em Brasília (DF). O acordo entre as duas instituições, que vale por três anos, a ABDI vai dar suporte técnico e, em alguns casos, poderá haver, inclusive, captação de recursos financeiros para os projetos com base nas necessidades da Capital paraibana.

“Junto com a Prefeitura de João Pessoa, vamos descobrir quais são as melhores áreas para a inclusão de tecnologias dentro do conceito de cidades inteligentes aqui no município. A gente espera que nesse período alguns projetos floresçam e que empresas venham para João Pessoa, se instalem aqui e desenvolvam projetos que melhorem não só a qualidade de vida das pessoas como atraiam mais empregos para a região”, afirmou.

O vice-prefeito Leo Bezerra lembrou que tecnologia e inovação são áreas em que João Pessoa é carente, mas que a cidade está se preparando para mudar com o planejamento que a prefeitura tem para o setor. “Essas inovações com carro elétrico, câmeras, iluminação de led e semáforos inteligentes são demandas que eu e o prefeito Cícero sempre conversamos, porque entendemos que o que a cidade dispõe ainda é muito antiga. A prefeitura e ABDI irão avançar muito nesse setor”, afirmou.

ABDI – Os projetos da ABDI têm como foco o aumento da maturidade digital do setor produtivo, por meio do estímulo à transformação digital, adoção e difusão de novas tecnologias e de novos modelos de negócios. A instituição investe, ainda, em pesquisa, estudos, transformação digital, indústria, além da cooperação com políticas públicas voltadas para a formação de profissionais.

No conceito de Cidades Inteligentes, destacam-se projetos como o Fronteira Tech, que inclui sistema inteligente de controle, monitoramento e segurança na fronteira entre Brasil e Paraguai, em Foz do Iguaçu (PR), e o Vem DF, que demonstra as vantagens do compartilhamento de veículos elétricos em Brasília (DF).

Ouça: